Quando a intolerância nos faz bem?

Você acredita na intolerância benéfica?

------&-------

Antes de falarmos sobre intolerância, terei que entrar num assunto que é a base deste tema.

Quantas vezes nossa caminhada pela vida é um tanto quanto custosa? E quando falo de custo, não estou nem me referindo somente a dinheiro, estou focando principalmente no custo emocional.

O Ciclo do Propósito entra muito em jogo. Para quem ainda não sabe sobre o ciclo do propósito, explicarei.

O Ciclo do Propósito é composto por intenção, expectativa, objetivo e propósito.

Na relação com o custo emocional, nosso ciclo de propósito é atingido na segunda casa, a expectativa, pois mesmo ela estando na segunda posição do ciclo, por muitas vezes ela quem comanda a intenção, fator um tanto quanto prejudicial quando está no oculto do ciclo, e é onde mora o perigo.

Quando nossas ações estão motivadas pelas nossas expectativas, abrimos uma fissura no ciclo, o que pode repercutir como um custo altíssimo em nossa história. Viver baseado nas expectativas é viver, muitas das vezes, num ciclo vicioso de dor e sonho.

Quando a intenção - nossa ação -, está se baseando na expectativa ao invés de ser o impulsionador para a expectativa, a ação contra nosso emocional pode ser bombástica, pois a possibilidade de uma negativa é imensa.

 

Todas as vezes que nossas expectativas não são supridas, nos custa emocionalmente, e isso é desperdício de energia geradora, logo influenciará em nossa prosperidade de abundância. Para alguns, bem mínimo, isso serve de combustível, já, para a grande maioria é um banho de água bem gelada.

 

Você deve estar se perguntando qual a relação do ciclo do propósito com a intolerância. Vem comigo que vou aprofundar mais.

O ciclo do propósito é a estrutura da honra. Mas o que exatamente é a honra?

A honra nada mais é do que o resultado dos valores que você alimenta na vida, a demonstração da sua conduta, seus princípios são aferidos de acordo com a sua honra. Claro que sua honra depende dos códigos de honra que você segue, isso é tema para um outro post.

 

Quando você tem traçado seus códigos de honra, e seu ciclo de propósito se baseia nesses códigos, a honra será manifestada e é justamente neste momento que adentramos na importância da implantação da intolerância sadia, pois a honra por sua vez é a estrutura da intolerância.

 

A intolerância é vista como algo muito ruim, pois é observado somente o lado ruim dos resultados provindos dela. Só que tudo no universo possui dois lados, obstante a isso, podemos fazer a análise da intolerância sendo aplicada e gerando bons resultados.

Observe e analise comigo.

Quando nossos códigos de honra contém o ponto de não atraso, vou explanar um código de honra para que fique mais fácil.

 

Código de honra sobre atraso: em minha vida cumprirei com meus compromissos, honrarei os pagamentos, os horários e principalmente com tudo que eu falar que faço, farei. Sendo assim, tendo a conduta de cumprir com este código, aqueles que não estiverem cumprindo o mesmo comigo, entenderei que não devo dar muita atenção a manter o relacionamento, pois entendo a lei da atração. (outro assunto para outro post.)

 

Retornando; imagine você numa situação em que a pessoa que você marca compromissos de qualquer escala, atinge justamente no seu código de honra sobre atraso. Se você está em cumprimento do seu código, neste momento pode manifestar a intolerância e aplicar o seu código, agindo de acordo com o que determina no código e analisando qual seria a melhor atitude no momento para que sua honra não seja ferida e que não venha lesar as pessoas envolvidas.

 

Então, conseguimos compreender que quando o indivíduo está em cumprimento dos códigos, que estão certamente estruturados em valores sólidos e honestos, a implantação da intolerância, cabe perfeitamente.

 

Tendo esse ponto de vista, o que acredito que seja importante introduzirmos na sociedade, através de cada indivíduo é justamente a definição dos códigos de honra, os ciclos do propósito e por fim a execução.

Quando a sociedade estiver nutrida de boas condutas, certamente não quererá eliminar a intolerância, pois os valores que a cercam imprimem a intolerância de uma maneira correta e exprimem a intolerância maléfica.

 

Vamos caminhar sobre leis pessoais corretas, ter conduta reta com base no amor que conseguiremos construir um mundo melhor para pessoas melhores ainda.

 

Grato por existir!